Pela grande importância do período religioso para os católicos, missas e celebrações voltam a ser realizadas com a presença dos fiéis e a tradicional subida até o Santuário da Santa Cruz que atraiu milhares de fiéis, vindos de outras cidades e Estados do Brasil em 2022.

Subir os quase três quilômetros das escadarias disformes, acompanhando os integrantes da Irmandade da Penitência, até o fim do percurso no ponto mais alto, na igreja da Santa Cruz, na Sexta-feira Maior, logo cedinho, é mais que uma demonstração de fé e sentimento pela morte de Jesus, pois significa também um ritual de agradecimento pelas graças alcançadas.
Desta vez, os sertanejos não foram pedir socorro por chuvas. Muitos vieram agradecer tantas outras bênçãos alcançadas, entre elas a de estarem vivos, pelos livramentos durante a Pandemia.
As capelas representam as Estações da Via Sacra erguidas ao longo do caminho de pedras que foi construído por um Frade Capuchinho há mais de dois séculos.

A programação da Semana Santa não mudou por resistência da comunidade católica que por unanimidade preferiu que as celebrações continuassem nos moldes tradicionais.
As celebrações começaram no domingo de Ramos da Paixão do Senhor (10/04) com a bênção e procissão dos ramos, saindo da Praça do Hospital Monsenhor Berenguer, seguindo para a missa na Igreja Matriz. Ainda no “Domingo de Ramos” foi realizada Missa às 19h30min também com bênção dos ramos. Na segunda-feira (11/04), às 19h30min foi celebrada a “Meditação do Ofício das Trevas” na Igreja Matriz; na terça-feira (12/04), às 19h00 na Igreja Matriz, houve Missa e “Unção dos Enfermos e Idosos” e às 19h30min a celebração das “Sete Dores de Nossa Senhora”. Na “Quarta-feira Maior” (13/04) às 18h00 realizou-se a “Via Sacra”, cuja concentração se deu na Capela Votiva de Senhor dos Passos. Na “Quinta-feira Santa (14/04) às 19h30min foi celebrada a “Santa Missa Solene” da Instituição da Eucaristia e “Lava-pés” e logo após a Santa Missa, como ocorriam nos anos anteriores à Pandemia, a “Procissão do Encontro do Senhor”. Em seguida a “Vigília de Adoração ao Santíssimo Sacramento” na Igreja Matriz até a meia noite.

Na sexta-feira (15/04), pela importância da religiosidade da comunidade católica, não só dos fiéis de Monte Santo, mas milhares de pessoas, de todas as caravanas vindas das cidades vizinhas e até de outros Estados do Brasil, participaram da concentração na Praça Monsenhor Berenguer às 04h30min para o início da subida em peregrinação até o alto do Santuário da Santa Cruz de Monte Santo e descida com o cortejo solene com as imagens e “Adoração ao Santíssimo Sacramento” na Capela da Casa Paroquial, das 08h00 até 15h00, quando então será realizada a solene “Ação Litúrgica” da Paixão e Morte de Nosso Senhor Jesus Cristo, na Igreja Matriz. Logo após, “Procissão pelas ruas da cidade com as imagens de Senhor Morto, Nossa Senhora da Soledade e São João.

Ainda nesta Sexta-feira Santa, às 20h00 será realizada uma “Sentinela” na Igreja Matriz. No Sábado Santo, (16/04) será celebrada a “Vigília Pascal” na Igreja Matriz e em seguida a “Benção do Fogo Novo” na Praça São Sebastião, seguindo então para a Igreja Matriz.
Ainda no Sábado às 20h00 será realizada a “Procissão do Cristo Ressuscitado” e Show Pirotécnico. Às 21h00 haverá um Show Musical na Concha Acústica com o cantor Tony Allison.
No “Domingo de Páscoa” às 04h30min, novamente a subida ao Santuário da Santa Cruz com o retorno das imagens às suas Capelas Votivas e às 08h30min, Missa solene de Páscoa na Igreja Matriz. Às 18h00 Missa solene de Páscoa na Igreja Matriz, fechando a Semana Santa.

Confira as Fotos

Fonte: Montesanto.net.
Imagens: Moisés Teixeira (Caminhos de Moisés) e Daniel Dantas Fotógrafo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.